Sunday, October 30, 2011

E o novo trabalho?

Olá, amigos e família!

Arrumei um tempinho pra postar uma das novidades (que já nem é tão nova assim) visto que o fim de semana foi curto novamente (ontem conhecemos a cidade de Oxford e hoje eu precisei dar atenção pra Nic, que está meio gripadinha. Além disso, hoje eu tive um encontro com o meu sono).

Enfim comecei no meu novo emprego. Como eu já havia comentado anteriormente, eu consegui um emprego pra trabalhar como engenheiro. Gente nova, ritmo novo, horários novos, tarefas novas. No final do primeiro dia na Babcock (este é o nome da empresa) eu fui pra casa desanimado, pensando em muitas coisas ruins. A primeira impressão era que seria um emprego horrivel e que além de tudo seria muito dificil me adaptar ao tipo de serviço. Entretanto, estou no fim da minha segunda semana e confesso que estou já gostando bem.

Eu fui contratado como engenheiro do departamento de “Technical Services”. No segundo dia aqui todos os empregados receberam por e-mail uma circular contendo as boas vindas pra mim. Segue abaixo uma cópia da tal circular, que aliás foi afixada também em todos os quadros de aviso da empresa.

Boas vindas
O meu gerente imediato também me apresentou pessoalmente para os 60 funcionários da casa. O problema maior agora é que todo mundo sabe meu nome, mas eu não lembro do nome nem de um décimo deles.

O emprego é bem legal no fim das contas. Eu tenho que trabalhar de terno e tenho minha sala exclusiva com computador, telefone e milhares de armários com projetos arquivados. É meio longe da nossa casa, mas ainda assim leva menos tempo pra chegar que quando eu morava em Contagem e trabalhava na SUDECAP.

Já percebi um pouco das diferenças culturais no ambiente de trabalho. O pessoal, por exemplo, almoça sanduíches e batatinhas na própria mesa de trabalho e logo voltam a trabalhar. Na primeira semana tentei fazer isso mas não me acostumei. Agora estou fazendo comida no domingão e então congelando pra comer durante a semana seguinte (não tem restaurante lá por perto). Segunda e terça eu comi tudo frio mas agora já descobri um microondas mocado que me faz um homem mais feliz.

Domingão na cozinha
Outra coisa interessante é que lá todos são ingleses (exceto um polonês que tem parentes aqui no Reino Unido) e todos também tem mais de 35 anos (isso eu estimei). Aqui em Londres é difícil encontrar um lugar assim em que não esteja recheado de estrangeiros. O povo é bem educado mas não são muito de ficar batendo papo durante o expediente.

Bem, é isso aí... Assim que eu perceber algo interessante por lá, eu voltarei a escrever mais sobre esse novo trabalho.

Abraços a todos.

Tuesday, October 18, 2011

Mestrado, trabalho, diversão...

Faz tempo que não publico nada aqui. É que o tempo de pura farra acabou, hehe.

Minhas aulas começaram efetivamente e ando mais apertada por causa disso. São vários textos para ler, mais as aulas em sala, alguns programas para aprender, trabalhos para apresentar e muitos projetos para pensar...ufa! Uma vez meu amigo Flávio Franco comentou comigo: imagine fazer mestrado fora do país, aprender um conteúdo totalmente novo e em outra lingua! Pois é, não é trivial, é um desafio. Resolvi tratar o mestrado como um trabalho, assim tenho disciplina para fazer tudo o que preciso.

Os professores são bacanas e exigentes. A coordenadora do curso disse que quem consegue tirar uma nota acima de 80% nas avaliações é um gênio, geralmente não se chega a 70%. Eu que sempre fui aluna acima de 90%, vou ter que acostumar à educação britânica, rs. Os colegas de sala também são ótimos, de nacionalidades diversas e com muitas histórias de vida diferentes.

Como se não bastassem as atividades da universidade, resolvi arrumar um emprego. Estou trabalhando no Royal College of Physicians (RCP). Na verdade é uma empresa de eventos estabelecida dentro do RCP que realiza almoços, jantares, coffee breaks e coquetéis para dar suporte às inúmeras conferências, palestras e treinamentos que acontecem na instituição todos os dias. Quando estou lá trabalho muitíssimo, não há um minuto em que não haja algo para fazer. Digo "quando estou lá" porque o esquema de trabalho é super flexível. Numa semana informo ao RCP quais os dias e horários em que estarei disponível na semana seguinte, então nossos chefes montam a escala de acordo com a disponibilidade do pessoal. É excelente para estudantes, pois é possível não trabalhar nos dias em que há aulas na faculdade, ou em semanas muito apertadas.

A vida aqui está mais corrida, mas não é só mestrado e trabalho, felizmente. O Fábio comentou sobre nossa viagem para Paris. Foi muito rápida, só um fim de semana, mas foi maravilhosa. Paris estava ensolarada e linda! Voltei para casa querendo mais, então com certeza retornaremos à cidade assim que possível.

Jardim do Louvre...
E sempre dá tempo de ir aos festivais londrinos! Semana passada estivemos em um de queijos e vinhos em Southbank Centre.
Havia vinhos e queijos de várias partes do mundo

E claro, os pubs, sempre! Não podemos passar uma semana sem ir em pelo menos um. Dessa vez conhecemos um pub em que pudemos jogar um pouco. Não sou super fã de jogos, mas valeu para aprimorar o inglês!
Aprimorar o inglês e as novas amizades, claro.



Logo trago mais novidades. Agora tenho que estudar. :P

Thursday, October 06, 2011

Bodas de Papel

Eu nem sei bem como começar este post... Tem um bom tempo que só a Nic atualiza as coisas aqui. Na verdade eu queria ter boas novas antes de voltar a escrever.

Hoje é dia 05 de outubro de 2011. Faz um ano que nos casamos!!! Por um lado parece que faz muito tempo devido à intensidade das coisas que partilhamos desde então, mas por outro lado parece que foi ontem pois está tudo ainda muito fresquinho na minha cabeça.

A comemoração está sendo bem legal: algumas coisas planejadas e algumas surpresas também. Sábado e domingo passado estivemos em Paris (tínhamos 250 euros que sobraram da nossa lua de mel na Itália ano passado e assim aproveitamos melhor). Comemos bem à beça e passeamos numa cidade ensolarada e nem tanto cheia. Foi realmente bem intenso, excelente! Vou convencer a Nic a fazer um post especial de Paris pois vale a pena registrar (Teve escargot, foie gras, profiteroles, apertos com transporte público e tudo mais).

Iguaria apreciada pela Nic
Mas a maior surpresa veio hoje no fim da tarde: depois de um processo seletivo de mais de um mês (teste técnico, entrevista 1 e entrevista 2, super-psicotécnico-cem-metros-rasos-telefonemas-mil e outros entraves), uma empresa aqui no noroeste de Londres me ofereceu um emprego de engenheiro técnico júnior!

Preparando pra entrevista
Estou super feliz pois estava lutando ferrenhamente pra consegui-lo. Assim, posso dizer que, no fim das contas, o nosso planejamento aqui está caminhando perfeitamente. Eu já havia falado da primeira entrevista nessa empresa nesse post aqui. Eu estou bem feliz com isso tudo e prometo falar mais sobre o meu emprego atual e claro, sobre esse que está por vir.

Estou um pouco cansado pois o dia foi cheio. Acabamos de vir também de um restaurante turco onde provamos algumas coisas deliciosas ao comemorar nossas bodas de papel.

No fim das contas é isso. Depois eu volto falando mais detalhadamente do assunto "emprego".

Beijos e abraços a todos.