Friday, December 21, 2012

E o francês??

Hoje foi meu último dia de aula de francês. A escola fará uma pausa para as festas de fim de ano, e voltarei em janeiro. Estudo no CUEF (Centre Universitaire d'Études Françaises). Antes de chegar a Grenoble, quando estava fazendo pesquisas para escolher um curso, fiquei em dúvida entre este e a Aliança Francesa. Escolhi o CUEF, pois é um curso da Université Stendhal, então eu poderia usufruir das facilidades de se estudar numa universidade: boas bibliotecas, Internet à vontade, restaurante universitário (sim, bandeijão!), etc.

Escolhi fazer o curso intensivo mensal. Isto significa que tenho aulas todos os dias, exatamente 4 horas diárias. É duro, é cansativo, mas eu adoro. Concluí o curso de novembro, o de dezembro e logo começarei o de janeiro. Eu poderia relaxar e aprender a língua aos poucos, mas minha vontade de começar a trabalhar logo é tanta, que não sossego enquanto eu não conseguir falar francês igual gente grande. E sinto que tenho evoluído muito. 

Já contei aqui que logo que cheguei fiz um teste de nivelamento que me colocou numa turma com um nível maior do que o conhecimento que eu tinha. Entrei no nível intermediário, quando acho que estava mais para o básico. A língua francesa é dividida em 6 níveis de proeficiência: A1, A2 (básicos), B1, B2 (intermediários) e C1, C2 (avançados). No CUEF, eles ainda fazem uma divisão mais detalhada, pois um estudante pode ser, por exemplo, B1 mais avançado ou B1 mais básico. No meu primeiro mês, entrei no nível B1.0, e foi bem difícil. O pessoal da classe sabia muito mais que eu. Não pude ter preguiça e estudei bastante por fora para alcançá-los. E alcancei! No fim do mês já me sentia bem melhor em sala de aula, sem o desconforto de achar que não pertencia àquela turma. Passei com boas notas e recebi um certificado de "B1 em curso". 

No mês de dezembro passei para o B1.4. Porém, minha professora achou que eu estava forte e perguntou se eu queria ir para o B1.7. Pensei "vou me sentir peixe fora d'água novamente", mas respondi "claro que sim". :p As aulas foram ótimas, consegui acompanhar super bem, foi tudo tranquilo. Hoje, no último dia de aula, recebi o certificado com minhas notas e lá dizia, "B1 adquirido". Minha professora falou que ano que vem irei para o B2! C'est super!

O B2 ainda é um nível intermediário, e entrarei no comecinho dele, mas o fato de eu ter conseguido chegar até ele me deixou muito feliz. Lembro-me da primeira semana de curso, como eu me sentia péssima nas aulas, como eu não conseguia conversar com ninguém... Chegava em casa e falava com o Fábio desesperada, "nunca vou conseguir ter amigos aqui, eu não consigo conversar com eles", tinha dores de cabeça, sonhava com a língua, e sonhava que eu estava muda, rs. Bizarro. Hoje consigo me expressar! Vou a festas com o pessoal da sala e me socializo, consigo resolver coisas com a proprietária do nosso apartamento, me viro muito bem em qualquer loja, padaria ou supermercado... Claro que não sei tanta coisa, tenho dificuldade de compreensão, vocabulário limitado, erros de conjugação, confusão de tempo verbal, etc. Contudo, o francês deixou de ser um problema e virou um prazer. Minha professora disse que o que me falta agora é maior aproximação com os franceses. E me sugeriu fazer qualquer atividade (curso, esporte, qualquer coisa) que me faça ter maior contato com os franceses, para que eu me force mesmo a entendê-los e a me fazer entender. Hoje meu convívio maior é com o pessoal do curso (todos estrangeiros, claro) e com o Fábio, que sabe bastante francês e me ajuda muito, mas com quem eu só falo português. 

Amo estudar línguas, é algo que realmente me faz muito feliz. E tenho feito o que posso para aprender. Ouço música francesa indo para a aula, atualmente estou lendo O Pequeno Príncipe (um livro com liguagem bem fácil, pois ainda estou descobrindo a língua, hehe), assisto a série Friends que é reprisada na TV com dublagem em francês, etc. O caso de Friends é muito engraçado, não entendo muita coisa, mas acho bom acostumar meu ouvido. E como já conheço as histórias, sei o que se passa. :)

Ainda estou longe de ser fluente, mas é meu objetivo para 2013! 

Ah e muito obrigada aos amigos queridos e família, vocês têm me dado muita força neste processo. Ainda que seja mandando emails ou por Skype... vocês me ajudam indiretamente e me deixam muito feliz! :) 

Para terminar, fotitas da turma do curso e eventos que já aconteceram por lá. Bisous!
Café com a turma do CUEF.
No bar La Bobine
Festa em que cada um tinha que levar um prato do seu país.
Tour por Grenoble
Festa de St. Nicolas no CUEF
Aniversário na residencia universitária

1 comment:

  1. Oi Nicole, tudo bem?

    Estou querendo estudar francês em Grenoble por 2 anos, mas descobri que o curso semestral do CUEF não da direito a solicitação do visto de longo período e isso me impediria de trabalhar as 20h semanais que eu pretendia. Você sabe me dizer se eu posso me matricular pro semestre 2016.1 e 2016.2 de uma vez e assim conseguir o visto anual? Tô meio em panico hahaha queria muito ir pra Grenoble em janeiro de 2016, mas sem poder trabalhar vai ser chato. Teria que voltar no meio de ano, fora q teria que arcar com todos os custos e não sei se to disposta a gastar todas minhas economias em um semestre :(

    ReplyDelete