Friday, February 28, 2014

Brasil, férias!

Voltei há uma semana de uma viagem absolutamente deliciosa ao Brasil! Estava esperando um calor horrendo, e nem assim foi. Disseram-me que tive sorte, pois peguei um tempo menos abafado e uma chuvinha... :)

Foram quase 20 dias que passaram voando! Claro que nao consegui ver todo mundo que queria, mas me esforcei bastante e deu para curtir muito a família e encontrar amigos. Ainda aproveitei a viagem para fazer uma "mini viagem" com meus pais. Fomos a Tiradentes e Sao Joao del Rei. Adorei! 




Tiradentes, nem se fala, encantadora. E como se come bem lá, minha gente! Aliás, não só lá, mas em BH, Contagem, Itabira... Tudo o que eu queria, as pessoas cozinhavam para mim. :)))) Minha vó Celeste fez uma galinhada que só ela é capaz; a Vó Rosa preparou um franguinho com quiabo e angu deliciosos; minha prima Laise fez a melhor feijoada que eu já comi; minha amiga Ju me ofereceu um nhoque com fungi dos deuses; tia Sô fez o tutu fantástico dela; tia Cida fez uma apetitosa torta de pão que só ela sabe fazer; as amigas Lu e Su prepararam, cada uma na sua casa, aquele almoço caseiro super saboroso; e a cunhada fez torta doce coloridamente especial para mim... E meus pais que estiveram comigo por mais tempo faziam tudo de gostoso para mim. :) E isso tudo foi na casa das pessoas, agora imaginem o tanto de encontros que rolaram nos bares e restaurantes?!?! Viagem gastronomicamente intensa.

No fim a balança acusou uns quilos a mais e eu nem podia culpar a gravidez, hehe. Mas foi só eu voltar para a França para perder um destes quilos. Sem lógica, este país emagrece a gente mesmo sem fazermos nada para isso. Ok, não exatamente nada, minha vida aqui é irritantemente mais saudável. :P Por exemplo, uma coisa que me causou estranhamento nesta viagem ao Brasil: eu não andava muito a pé. As distâncias eram mais longas, então os deslocamentos tinham que acontecer em ônibus ou carro. Aqui em Grenoble, cidade bem menor, eu tenho o costume de caminhar para todo lado. E o hábito é tão forte que se eu for a algum lugar mais longe e for demorar, digamos, uns 50 minutos a pé para chegar, vou andando mesmo assim, nada de tram ou ônibus. E, claro, aqui também não tem muito o fator "sol/calor insuportável" e nem o "chuva torrencial tropical" que impossibilitam longas caminhadas.

Não fui só eu a paparicada nesta viagem, o baby também. Ele ganhou uma festinha surpresa da prima Lili. Quando eu estava esperando encontrar apenas um almoço com a família toda na casa da vó, a Lili tinha preparado esta linda surpresa. <3 





E o tanto de presentes que nosso pequeno ganhou?!?!? Minha mala voltou lotada! A família linda e vários amigos queridos quiseram deixar nossa espera ainda mais especial com muitos mimos para o baby. E como não sabemos o sexo, rolou muito branco, verde e amarelo, bem Brasil. :D Tirando o meu tio Kita que ousadamente deu uma boneca, pois tem certeza de que será menina. Se o Kita errar, a boneca fofa vai continuar no cantinho do baby, não tem problema algum! ;) Minha mãe corujassa queria comprar tudo. Tinha que freá-la várias vezes, senão seria impossível trazer tudo para Grenoble. :)

A viagem ao Brasil foi deliciosa, e já estou contando os dias para a próxima!!