Tuesday, February 09, 2016

8 costumes franceses que eu adoro


Hoje quero falar sobre hábitos bem legais praticados pelos franceses. Na verdade, são comportamentos que percebi principalmente em Grenoble, não dá para generalizar demais, né? Adoro viver neste país, estou bem adaptada e passei a assimilar vários destes costumes. Claro que existem pontos negativos também, mas gosto de enxergar o copo cheio e de me concentrar no que é bom. E, sinceramente, encontro mais aspectos positivos que negativos. Posso até dizer que me sinto em casa na França. Outro dia assisti a um TED (este aqui: Don't ask where I'm from, ask where I'm local) que falava que nós não pertencemos apenas ao lugar onde nascemos ou crescemos, mas aos lugares onde moramos e nos identificamos. Então, com certeza uma parte de mim já é francesa.

Vamos aos costumes:

1) Comer pão, muito pão.
O pão é acompanhamento sagrado nas refeições. Eles comem pão com tudo. Quando vou a um restaurante, a cestinha de pão chega rapidinho na minha mesa. De graça, pois em Grenoble nunca paguei por ele no restaurante, ora bolas. Uma vez, uma amiga brasileira fez uma feijoada e convidou os amigos franceses (e eu e Fábio também, claro, hehe) e eles comeram pão junto, acreditam? Eu acho uma graça. Não vamos condená-los, o pão daqui é bom demais! Ah, e eles têm certeza que não engorda e não acreditam em carboidrato, rsrs. 

2) Comprar coisas usadas.
O site Leboncoin é um dos campeões de acesso do país. Trata-se de compra e venda de coisas usadas. Móveis, roupas, eletrodomésticos, tudo! Os "brocantes" e "braderies" (tipo mercado das pulgas e bazares) que acontecem de tempos em tempos nas ruas de Grenoble ficam lotados! E não é coisa de pobre não, é a classe média mobiliando a casa e vestindo seus filhos com itens de segunda mão. Acho o máximo!
Brocante na minha rua.
3) Bonjour!
Em qualquer lugar que você entra, a primeira palavra que você escuta é "Bonjour".Na padaria, no trabalho, na reunião de pais, no supermercado...  Cortês, não é? As crianças aprendem desde cedo e é a coisa mais linda aquele pirralho de 4 anos te dando "bonjour". :)  Dica amiga: se você está vindo turistar por estas bandas, sempre diga "bonjour" antes de qualquer outra coisa. Quando o garçom do restaurante vier te atender, antes de  perguntar algo pro vendedor na loja, ao pedir informação turística, etc, lembre-se: primeiro bonjour, depois o resto. E pode ser de manhã e à tarde, ok?

4) Levar comida para a praia.
Aqui não estou falando de Grenoble, obviamente, pois não temos praia. Mas "farofar" é super normal! Tudo bem levar piquenique pra praia. Tudo bem beber sua cervejinha que você trouxe de casa ou comprou no supermercado ali perto. Relaxa, ninguém vai te olhar torto!

5) Topless na praia. 
Ainda no assunto praia, acho ótimo não ter marquinha de biquini. Qualquer mulher que queira fazer topless faz. Peito grande, pequeno, duro, mole, jovens ou velhos, ninguém está nem aí. Não é uma atitude erótica, são só peitos livres. Sinceramente, acho o biquini minúsculo e o fio dental das brasileiras muito mais provocativo e erotizado do que o topless das francesas. Fato curioso; uma vez em Marselha estava numa praia e vi duas mulheres, uma mulçumana com o corpo todo coberto e lenço na cabeça e outra ao lado fazendo topless, super democrático, né?


6) Cachorros educados
Esta é especial pra quem tem muito medo de cachorro, como eu. Não confundam com não gostar de cachorro, eu os adoro, só tenho muito medo, coisa pra resolver no psicanalista. Aqui eles sao extremamente educados. A maioria anda sem coleira ao lado do dono, sem ameaçar correr loucamente pela rua ou pular em alguém. Eles nem ficam te cheirando. Já presenciei várias vezes uma pessoa entrar na padaria e deixar o cachorro solto do lado de fora esperando pacientemente (sim, sem coleira, sem estar preso a lugar algum). Sabe aquele livro "Crianças francesas não fazem manha"? Aparentemente os cachorros também não.

7) Valorizar a hora do almoço.
Aqui o banco fecha na hora do almoço. E também o cartório, algumas lojas e vários serviços em geral. Não tem essa de aproveitar este horário pra resolver umas coisinhas. Fábio tinha uma hora de almoço na empresa em que trabalhava, e as pessoas gastavam esta hora inteira, pasmem, almoçando! Ah gente, eu adoro isso! Pra mim, isso é qualidade de vida, sorry.


8) Pegar carona.
O BlaBlaCar é um site de caronas que funciona super bem aqui, eu já usei muito. Você pesquisa um itinerário, escolhe a data da viagem e escolhe entre os motoristas que estão propondo o mesmo trajeto. É possível fazer a reserva e o pagamento pelo site mesmo. Super simples e quase sempre é a opção mais barata. Além disso, carona é estimulada no dia a dia. Há muitas empresas que dão benefícios a funcionários que oferecem carona a outros. Você ganha pra ser sustentável. Top!

E você que conhece a França, também tem algum costume que adora? :)